Cardioclínica Gastrocenter
Segunda a Sexta - 7h às 19h
Sábado - 7h às 12h
(34) 3662-2240
(34) 987005822
Praça Antônio Alves da Costa, 65
Vila São Pedro - Araxá

Dicas de alimentação saudável no inverno

1) Aposte nos refogados

Com a chegada do inverno, o consumo de folhas e verduras diminui. Afinal, as saladas, que no verão fazem sucesso, já não abrem tão facilmente o apetite ou saciam a fome. Desta forma, uma alternativa é refogar os legumes e verduras,
para consumi-los bem quentinhos e garantir a ingestão de nutrientes importantes no dia a dia! Brócolis, couve-flor, couve, acelga, cenoura e agrião são algumas opções de folhas e vegetais que podem render refogados deliciosos.
 
2) Mantenha as frutas sempre à mão

Aproveitar as frutas da estação em temperatura ambiente, como o morango, a laranja, a maçã, a pera e a uva, por exemplo, faz bem a qualquer hora do dia. Optar pelas frutas secas,  desidratadas e liofilizadas também é uma boa
alternativa para não descartar os seus nutrientes do cardápio.

3) Sopas bem elaboradas são bem-vindas

Inverno combina com pratos quentes e, por isso, aposte no preparo de sopas, caldos e cremes. Eles podem servir como entrada ou prato principal, de acordo com os seus ingredientes. Que tal fazer trocas saudáveis, substituindo o arroz
branco e o macarrão por grãos integrais, como o arroz integral, o painço e a  quinoa ? Além disso, também dá para incrementar os caldos e cremes com ingredientes funcionais, como as farinhas de chia e de linhaça. Outra dica é
evitar vários ingredientes ricos em carboidratos, como arroz, batata, mandioca e macarrão, em uma mesma receita.

4) Cuidado com as bebidas

Uma bebida que não pode faltar durante o inverno é a água, afinal, com as baixas temperaturas o corpo perde muito líquido e é preciso deixá-lo sempre bem hidratado. E quando se trata das bebidas quentes como o café e o chá, a
sugestão é substituir o açúcar refinado pelo açúcar mascavo, açúcar de coco, demerara ou até mesmo o xilitol na hora de adoçar. Trocar o achocolatado e o leite do chocolate quente pelo cacau em pó, que é muito mais nutritivo, e uma bebida vegetal à base de arroz, aveia ou amêndoa, pode fazer toda a diferença para a sua saúde e bem-estar.

4) Inclua fibras no cardápio

Além de ajudar a manter o funcionamento do intestino regular, as fibras também possuem a vantagem de prolongar a sensação de saciedade e, por isso, vale investir no consumo de fibras durante as refeições. Uma dica é trocar o arroz branco pelo arroz integral ou outras opções como o arroz 7 grãos e o arroz com quinoa. Mas também sugerimos salpicar sementes de chia e linhaça em sopas e caldos, pois, além de ricas em fibras, elas também possuem ômega 3, que é um ácido graxo com ação anti-inflamatória essencial na alimentação diária.

CÍNTIA DIAS SOARES  
NUTRICIONISTA 
CRN 8687
Companhia da Mídia